quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

bacalhau com grão


Mais uma receitinha do nosso fiel amigo BACALHAU, desta vez fiz algumas alterações, porque a receita que tinha de bacalhau com grão é mais para o verão, o bacalhau é servido quente, mas depois o grão é frio e com molho verde( azeite, vinagre, salsa e cebola)...
Fiz assim: cozi o bacalhau com os ovos e lasquei-o de modo a tirar a pele e as espinhas.....depois fiz um refogado com bastante cebola picada, 1 dente de alho também picado e reguei com bastante azeite.
Levei ao lume para estalar a cebola e juntei o grão já cozido, envolvi bem, juntei as lascas de bacalhau, os ovos ás rodelas e polvilhei com bastante salsa picada.
Deixei tomar gosto por cerca de 5 minutos, rectifiquei os temperos de sal e pimenta e servi.....
Fica muito bom.....e quentinho para este tempo de frio......
Bj e até amanhã.......

9 comentários:

Pratos da Bela disse...

Maravilhosos
Tem um aspecto magnifico...
Vou me servir...
Jnihos fofos

Ana Paula Motta disse...

Não conhecia essa receita de bacalhau com grãos, só a versão de verão. Vim agradecer a visita e também dar minha passada diária por aqui, além de agradecer a inclusão na tua lista de blogs. Beijinho

Belocas disse...

Realmente o bacalhau tem 1001 maneiras de ser cozinhado...ou melhor permite toda a nossa creatividade. Adoro bacalhau com grãos...
Bjs

Verdinha disse...

Olha bacalhau com grao é uma refeiição a qual nao digo que não! Mas normalmente como a posta inteira!! :)

Luísa Alexandra disse...

Uma receita bem tradicional, fica sempre muito bem.

Uma sugestão: Coloca as fotos maiores, assim ficam tão pequenas que nem se percebem.

Beijo.

isabel disse...

Olá :)
Será o meu almoço de hoje, tendo eu grão de bico demolhado de ontem para hoje. é do género de uma meia-desfeita. É muito bom!
beijinho e obrigada :)

ameixa seca disse...

Um clássico muito apreciado por todos cá em casa :)

fénix renascida disse...

Benditas são as vossas mãos, que nos fazem comer tão bem! Pena eu não poder provar...

O meu assunto, porém, é outro. Trata-se de uma petição que interessa aos portugueses e residentes em Portugal.

Tem a ver com as nossas crianças. Em caso de separação, a quem se deve atribuir a guarda? À mãe, que é, regra geral, a sua figura primária ou de referência, por ser quem lhes presta os cuidados básicos, e não só? Ao pai, se este revelar melhores condições? A ambos, independentemente do tipo de ralção que mantenham após o casamento?

Palavras sábias de um pai que ganhou, em tribunal, a custódia dos filhos: A tutela dos filhos é um empreendimento para a vida; não pode ser gerido por dois sócios que não se entendem. As pessoas não conseguem deixar de usar o seu poder para anular decisões e exercer pressões. É preferível que só um dos pais tenha a tutela, por muito que isso custe ao outro. A educação de uma criança não é passível de falhas.'

Ponhamos a mão na consciência: se a lei não permite que se separe as crianças de junto dos seus pais, mesmo que estes vivam em fracas condições, porque razão há-de um juíz atribuir a guarda ao progenitor que ofereça melhores condições? É este o superior interesse da criança?!

Nos nossos dias,o papel de uma mãe parece desvanecer-se cada vez mais... Já não se lhe dá o mesmo valor. Urge reabilitar a imagem da mãe, que, no início da vida, é o mundo da criança, sendo a partir dela que a criança nasce para o mundo.

A criança precisa da mãe, e nós, mães, precisamos dos nossos filhos.
Queremos estar mais tempo com eles, acompanhar o seu desenvolvimento.

Esta petição é um princípio. A próxima será para que possamos gozar os primeiros anos de vida dos nossos filhos. Para que possamos investir no Futuro de todos nós!

http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N575

Anónimo disse...

Olá
sou uma leitora frequente das suas receitas e resolvi fazer esta da qual fiquei fã.
Obrigada
Andreia